Padronização nos processos de erosão e qualidade em uma empresa do segmento de matrizes.

Autores

  • Jonathan Raota

Resumo

O objetivo principal deste trabalho é diminuir erros decorrentes e padronizar processos nos setores de qualidade e erosão. O artigo trata-se de uma pesquisa exploratória e o procedimento é um estudo de caso em uma empresa do segmento de matrizarias. Após a análise nos setores, foram identificados os pontos que devem ser melhorados e conseguintes, quais ferramentas seriam utilizadas para resolução de cada um desses problemas. Utilizando-se do conceito de Gestão a Vista foi dada importância à elaboração dos relatórios e instruções que seriam aplicados em cada setor. Os resultados alcançados mostram que o método utilizado surte efeito positivo no segmento atuante, por se tratar de um ramo de variabilidade processual, os métodos eram vistos com dúvida quanto ao seu sucesso, porém ficou notável que após sua aplicação houve, ganho significativo nos setores, onde processos se tornaram sólidos e confiáveis, diminuindo erros e promovendo melhoria contínua, integração interna e novas oportunidades.

Referências

ALBERTIN, Marcos. Planejamento avançado da Qualidade: sistemas de gestão, técnicas e ferramentas. Rio de Janeiro: Alta Books, 2018.

ANDRADE, Fábio Felippe de. O método de melhorias PDCA. 2003. 169 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

AVELAR, Wallace. Utilização de ferramentas da qualidade objetivando melhorias no processo produtivo. 2008. 11 f. Monografia (Especialização) - Curso de Engenharia de Produção, Ucp – Universidade Católica de Petrópolis, Petrópolis, 2008.

BALLESTERO, Mária Esmeralda. Gestão de Qualidade, Produção e Operações. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

CAMPOS, Vicente Falconi. Qualidade total: padronização de empresas. 2. ed. Nova Lima: Falconi, 2014.

JURAN, Joseph M.. Fundamentos da Qualidade para Líderes. Porto Alegre: Bookman, 2015.

KIRCHNER, Arndt. Gestão da qualidade segurança do trabalho e gestão ambiental. 2. ed. São Paulo: Blucher, 2008.

LOBO, Renato Nogueiro. Gestão da Qualidade. São Paulo: Érica, 2010.

LOBO, Renato Nogueiro. Gestão da Qualidade. 2. ed. São Paulo: Érica, 2020.

LOPES, Thainara Cerqueira. A utilidade do planejamento orçamentário na criação de uma microempresa. 2018. 17 f. Monografia (Especialização) - Curso de Contábeis, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2018.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de Pesquisa. 9. ed. Rio de Janeiro: Atlas, 2021.

MARIANI, Celso Antônio. Método PDCA e ferramentas da qualidade no gerenciamento de processos industriais: um estudo de caso. RAI-Revista de Administração e Inovação, v. 2, n. 2, p. 110-126, 2005.

MIGUEL, Paulo Augusto C. Qualidade: enfoque e ferramentas. São Paulo: Artliber, 2001.

MORAES Márcia, Vilma, Gonçalves de. Gestão à vista: implementação na área de saúde e segurança do trabalho. São Paulo: Expressa, 2020.

PAIM, Rafael et al. Gestão de Processos: pensar, agir e aprender. Porto Alegre: Bookman, 2009.

PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da Qualidade: teoria e prática. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

PEREIRA, Mauricio Fernandes. Fatores de Inovação para a sobrevivência das micros e pequenas empresas no Brasil. Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 50-65, 2009.

ROBLES JUNIOR, Antônio. Custos da Qualidade: aspectos econômicos da gestão da qualidade e da gestão ambiental. São Paulo: Atlas, 2009.

SOBEK II Durward K. Entendendo o pensamento A3: um componente crítico do PDCA da toyota. Porto Alegre: Bookman, 2010.

WERKEMA, Cristina. Métodos PDCA e Dmaic e Suas Ferramentas Analíticas. Rio de Janeiro: Atlas, 2012.

YIN, Robert K.. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

Downloads

Publicado

21-02-2023

Como Citar

Raota, J. . (2023). Padronização nos processos de erosão e qualidade em uma empresa do segmento de matrizes. Revista Conectus: Tecnologia, gestão E Conhecimento, 2(1). Recuperado de https://revista.ftec.com.br/index.php/01/article/view/97